Imagem: flickr.com/diegoalejandrophotography

Já tentei inúmeras vezes fazer esse negócio de blog funcionar. Postei sobre todos os tipos de temas, até sobre os que eu não entendia direito (me sentia meio uma fraude por isso) e era realmente terrível postar sobre algo que você não fazia a menor ideia do que era. Passei meses decidindo se ia voltar ou não, pensei em todos os prós e contras e, para falar a verdade, não tenho a menor ideia de qual ganhou, mas, mesmo assim decidi voltar. Tomei essa decisão, por que precisava de um lugar para esvaziar os pensamentos. Um espaço meu, público, privado, tanto faz, mas um espaço onde eu pudesse escrever, colocar tudo para fora. As vezes dói guardar tudo só para você, a cabeça fica cheia e confusa, são pensamentos e sentimentos demais para uma pessoa só filtrar. Por isso eu sempre gostei de escrever, mesmo que seja pelo Twitter, mas os 140 caracteres nunca foram suficientes (meus quase 150 mil tweets que o diga), para colocar tudo para fora, parece que sempre fica algo faltando.
Desde que arrumei meu primeiro emprego e sai de casa para morar com meu namorado, minha vida tem sido digna de um filme de comedia-romântica-dramática hollywoodiano. Acho engraçado como muita coisa inesperada aconteceu, em menos de um ano. Foram dramas atrás de romances, atrás de aventuras, que achei que fosse explodir com tanta informação e eu precisava colocar tudo isso para fora, conversar com meu namorado já não bastava mais, era demais para nós dois.
Eu gosto do que aconteceu e de como aconteceu. Hoje eu me considero uma pessoa feliz e que conseguiu dar a volta por cima.

Espero que dessa vez dê certo.

Beijos e até a próxima.

2 comentários:

♡ Sem spam ou ofensas
♡ Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir

"Cuidado com o que você diz para alguém hoje. Porque amanhã eles podem não estar aqui, e você não pode retirar o que disse." — Wiz Khalifa.